Dia Internacional da Mulher

Quando se fala em melhor lugar para trabalhar, automaticamente os nomes que vêm à  cabeça são Google e Facebook. O cobiçado setor de tecnologia ainda é dominado por homens, tanto no exterior, como no Brasil.

Segundo o IBGE, as mulheres correspondem a apenas 20% dos profissionais de TI. Mesmo assim, elas já dominam o empreendedorismo no Brasil e têm se mostrado atuantes nas startups.

Um exemplo deste cenário, é a CEO da plataforma Tem Açúcar?, que promove compartilhamento de objetos e já conta com mais de 22 mil usuários ativos no Brasil. Outro, é a Luciana Caletti, CEO da plataforma Love Mondays, que permite aos funcionários avaliar de forma anônima as empresas nas quais trabalham.

Aqui no ShowKase, o número de mulheres triplicou no último mês e no Dia Internacional da Mulher, trouxemos um depoimento bem legal de uma das nossas colaboradoras. Continue lendo para conferir!

“Olá, gente!

Tudo bem com vocês? Eu sou Angelina Sales, sou graduada em Ciência da Computação, mestranda em informática, trabalho na Kaztor Tecnologia há nove meses, sou Analista de Qualidade (QA) do ShowKase.

Desde criança, eu sempre gostei de tecnologias e games (Metal Slug, Street Fighters, Mario e King of Fighters eram os meus favoritos). Adorava desmontar os aparelhos eletrônicos e ver como eles funcionavam por dentro e remontar pra ver se eu tinha aprendido como que todas aquelas peças ganhavam movimento, eu gostava muito de explorar os softwares, mesmo que eu não pretendesse usá-los pra algo útil, eu queria aprender tudo.

Sempre fui muito curiosa e essa minha curiosidade de mexer com tecnologias me ajudou na escolha do curso superior. Senti um impacto quando vi a maioria da turma ser composta por homens, mas vejo que cada vez mais, isto vem mudando e vejo muito mais mulheres interessadas nas áreas de tecnologia.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *